Exercícios Só Uma Vez Por Semana Eliminam Em trinta por cento Traço De Morte - PEGN

Exercícios Somente Uma Vez Por Semana Reduzem Em 30% Traço De Morte - PEGN



As pessoas que reservam somente o encerramento de semana para fazer atividades físicas são capazes de comemorar. Um novo e imenso estudo comprova que quem se exercita apenas uma ou duas vezes a cada sete dias alcança quase tantos benefícios quanto quem faz o mesmo volume de vigor, porém ao longo de numerosas sessões na semana. Se comparados aos totalmente sedentários, estes 2 perfis de indivíduos conseguem aproximadamente a mesma taxa de redução de risco de morte, aponta a pesquisa publicada no “JAMA Internal Medicine”, periódico da Agregação Médica Americana. O recado é claro: movimentar o organismo, mesmo quando uma vez na semana, já reduz significativamente as dificuldades de saúde.


O estudo analisou fatos de mais de sessenta 1 mil adultos de meia idade entre 1994 e 2012. Neste período, quase nove mil deles faleceram, por diferentes razões. Durante a busca, os participantes seguiram a recomendação mínima dos órgãos internacionais de saúde: 150 minutos semanais de atividade física moderada ou setenta e cinco minutos de atividade intensa. Eles variaram só a regularidade com que realizavam os exercícios.


Cinco Aplicativos De Smartphone Para Fazer Exercício Em Casa

A expectativa de morrer particularmente por doença cardiovascular foi ainda mais parecida: um risco quarenta e um por cento menor para que pessoas se exercitou mais vezes, e quarenta por cento menor para os “guerreiros de encerramento de semana”, como define o estudo. De imediato a redução no risco de morte por câncer foi de vinte e um por cento para as pessoas que fez atividades com regularidade, e 18 por cento para adeptos de exercícios intensos uma ou duas vezes por semana. Mas o estudo também mostra que as pessoas que conseguiram aumentar a duração e a intensidade de tuas atividades afastam ainda mais o risco de morte.


Desta maneira, não se poderá achar que 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de intensa são o melhor, adverte um dos maiores especialistas do Brasil em medicina do exercício, o professor e cardiologista Claudio Gil Araújo, da UFRJ. Isto é o mínimo recomendado, e o que este novo estudo traz é a confirmação de que, mesmo que essa carga de atividade seja consumada em só um dia, os privilégios imediatamente são consideráveis. Alguns médicos defendem que realizar atividades físicas somente aos fins de semana pode produzir um estresse oxidativo das células, trazendo prejuízos para o organismo, mas, segundo Claudio Gil, a teoria nunca foi comprovada.


Nem cientificamente, nem na prática clínica. O que temos visto é que cada exercício, mesmo que distante do perfeito, é melhor do que nada. A pior opção que alguém pode fazer para a existência é ser sedentária — pondera ele. O médico ressalta que a intensidade do exercício é mais respeitável do que a regularidade. Sendo assim, é preferível conduzir menos tempo pela atividade, no entanto fazê-la de modo acentuado — como um spinning ou uma corrida rápida —, do que fazer uma atividade demorada, no entanto suave.



  • Um mamão

  • Deixe ferver por por volta de trinta minutos

  • um prato (fundo) de sopa de abobrinha com açafrão

  • Bata todos os ingredientes no liquidificador e tome logo a escoltar, sem coar

  • À carne, peixe, lacticínios e óleos, que pode ingerir sem restrições


Isto neste momento foi analisado no decorrer de um estudo publicado ano anterior pela revista “PLoS One”, revelando que um minuto de exercício vigoroso poderá ter o mesmo efeito de até 45 minutos de atividades moderadas. Exercícios intensos proporcionam proveitos específicos para a glicose e o colesterol. Se compararmos duas pessoas que perdem a mesma quantidade de calorias por semana, porém fazem exercícios de intensidade contrário, aquela que se exercita de modo mais intensa sem sombra de dúvidas estará com o corpo humano mais equilibrado — exemplifica Claudio Gil.


Dieta Do Limão

Todavia necessitamos lembrar que, na verdade brasileira, com o calor que está fazendo por esse verão, por exemplo, praticar atividades apenas no fim de semana ante o Sol do meio-dia não é a melhor escolha. Para aqueles que incluíram a prática de exercícios físicos nas resoluções de ano novo, o autor da nova busca recomenda começar com atividades moderadas, como uma caminhada rápida, para, a partir daí, combinar metas ainda mais exigentes. Ele ressalta que é necessário ser realista pra não correr risco de lesões.


Desse jeito, apesar de serem um pouco melhor que a água pura, os isotônicos, se consumidos em vasto quantidade, assim como são capazes de causar hiponatremia. Nos dias de hoje, recomenda-se que os atletas consumam água segundo a tua sede. Assim sendo, o corpo consegue controlar de modo mais segura a quantidade de água e sódio do corpo humano. Graus leves de hiponatremia não costumam causar sintomas, principalmente se a diminuição do sódio for se estabelecendo de modo lenta, ao longo de incontáveis dias. Mas, casos de hiponatremia complicado e aguda, como são aquelas que ocorrem nos casos de intoxicação na água, são capazes de causar edema cerebral e até levar à morte. A intoxicação por água não acontece só em atletas que se reidratam de modo incorreta. Em 2007, um caso fatal de intoxicação ficou muito famoso nos Estados unidos.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *